Abordagens sobre a ditadura militar ganham Prêmio Vladimir Herzog | EBC

11/10/2012 | 20h13

Leandro Melito

O resultado da 34ª edição do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos foi divulgado nesta quarta-feira (10/10), em São Paulo, e trouxe entre os vencedores a TV Brasil e a Rádio Nacional da Amazônia.

A TV Brasil foi premiada na categoria TV/ Documentário com a reportagem Crimes da ditadura, exibida no Caminhos da Reportagem, sob direção e edição de Conchita Rocha.

“É um tema profundo e ganhou força porque tem a ver com o papel da TV Pública de tratar sempre de temas ligados à verdade, com essa ideia de manter viva a história do país”, relata Conchita.

Assista o vídeo com a entrevista da diretora

Na categoria Rádio a vitória foi da Rádio Nacional da Amazônia, com a matéria Crimes contra indígenas na ditadura, de Máira Heinen.

“Estou muito feliz. Não esperava que uma premiação e um reconhecimento como esse viessem agora”, comemora Maíra. A profissional começou a trabalhar na EBC no dia 11 de junho, após aprovação no concurso público. “Só tenho a agradecer, principalmente pela oportunidade de estar na Rádio Nacional da Amazônia, onde posso trabalhar temas dos quais gosto muito. Abordagens como essa que fizemos não seriam possíveis em emissoras privadas”, ressalta.

Assista o vídeo com a entrevista da repórter

Também na categoria TV/Documentário, a emissora recebeu Menção Honrosa pela reportagem A mão de obra escrava urbana, também veiculada no “Caminhos da Reportagem”, sob direção e edição da jornalista Bianca Vasconcelos.

Equipes

Crimes contra indígenas na ditadura
Reportagem de Maíra Heinen; pauta de Bianca Paiva; edição de Murilo Carvalho e Wellington Barbosa; sonoplastia de Marcos Tavares.

Crimes da ditadura
Reportagem de Floriano Filho e Mônica Yanakiew; edição de texto de Conchita Rocha; imagens de Fábio Damasceno, Oswaldo Alves, José Casal, Gabriel Casal e Marcelo Abreu; produção de Patrícia Araújo; estagiária Mariana Menezes; auxiliares Jairom Rio Branco, Luciano Gomes e Paulo Mineiro; pós-produção e edição: Márcio Stuckert, Thyago Castro e Tyrone Alencar.

Trabalho escravo urbano
Reportagem de Fernanda Balsalobre e Gustavo Minari; produção de Alessandra Valenti, Fernanda Balsalobre , Fernanda Longatto e Luciana Lajus; imagens de Décio Ciappini, Valdeci Locádio, Nilton de Martins e José Luis Santana; auxiliares: Daniel Andrade, José Aparecido Laredondo e Urande Campos; videografista Markos Camargo; edição de imagens e finalização de Douglas Badona e Jorge Carvalho; edição de texto e direção de Bianca Vasconcellos.

_

http://www.ebc.com.br/cidadania/2012/10/abordagens-sobre-a-ditadura-militar-ganham-o-premio-vladimir-herzog

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s