Comissão da Verdade não sai do papel em Alagoas | Tribuna Hoje

20/10/2012 | 9h19

Um nova lei precisa ser sancionada para que os cargos sejam criados

Instituída com a função de subsidiar os trabalhos no âmbito nacional, a Comissão Estadual da Verdade ainda não saiu do papel. Uma nova lei complementar precisa ser aprovada para que os membros da comissão sejam escolhidos pelo governador Teotonio Vilela Filho (PSDB).

Para Magno Francisco, do Partido Comunista Revolucionário (PCR) e do Centro Cultural Manoel Lisboa, a Comissão da Verdade tem uma grande importância no esclarecimento dos assassinatos e das torturas cometidas durante a ditadura militar.

“Além de contribuir com a Comissão Nacional, os trabalhos da Comissão Estadual da Verdade será o primeiro passo para que haja a punição dos torturadores, não só para os autores, mas também para àqueles que financiaram a ditadura militar”, esclareceu.

Para que haja um avanço da comissão em Alagoas, Magno ressaltou a importância da interação entre os familiares e amigos das vítimas, além dos partidos políticos e da sociedade civil como um todo. “É necessário pressionar para que as coisas progridam, pois o avanço é limitado”, declarou o militante político.

A criação da Comissão da Verdade em Alagoas foi um projeto de lei apresentado pelo deputado estadual Judson Cabral (PT), sancionado pelo governador, em agosto deste ano.

De acordo com Pedro Montenegro, especialista em Direitos Humanos, é necessária a criação de uma lei complementar para que sejam criados os cargos, pois a proposta da comissão partiu de um deputado, o que impede que os cargos sejam criados.

“Os membros da Comissão da Verdade serão comissionados para atuarem com autonomia por um mandato de dois anos”, explicou.

“O governador deveria ter uma certa urgência para criar a Comissão da Verdade e seguir o exemplo de seu pai, que foi uma das pessoas que contribuiu para a queda da ditadura”, relatou Magno Francisco.

Para ele, há uma resistência da direita para que esses arquivos não sejam abertos. Alagoas contabiliza nove mortos nos anos de chumbo.

_

http://www.tribunahoje.com/noticia/43496/politica/2012/10/20/comissao-da-verdade-nao-sai-do-papel-em-al.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s