OAB-RJ lembra com tristeza morte de Herzog, ocorrida há 37 anos | Terra

25/10/2012 | 11h

Em nota divulgada nesta quinta-feira, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Rio de Janeiro lembrou “com muita tristeza” a morte do jornalista Vladimir Herzog, ocorrida há exatos 37 anos, durante a ditadura militar no Brasil. Oficialmente, ele foi encontrado enforcado com o cinto de sua própria roupa, nas dependências do DOI-CODI, em São Paulo, no dia 25 de outubro de 1975.

Recentemente, a Justiça atendeu ao pedido feito pela Comissão Nacional da Verdade e determinou a retificação do atestado de óbito de Herzog, que passou a acusar que ela “decorreu de lesões e maus-tratos sofridos em dependência do 2º Exército-SP”. Antes da decisão, a causa oficial sustentada pelos órgãos de repressão, era de suicídio por enforcamento.

Segundo o presidente da OAB-RJ, Wadih Damous, ao determinar a retificação do atestado de óbito de Herzog, a Justiça pôs fim a uma mentira oficial mantida durante 37 anos, substituindo-a pela verdade finalmente reconhecida: Herzog foi morto em consequência de torturas enquanto estava sob a custódia do Estado.

“Ao pedir ao Judiciário paulista a correção no atestado para fazer constar as causas reais da morte do jornalista, a Comissão Nacional da Verdade fez mais do que dar sequência à correção de uma falsidade histórica; ela abriu caminho para que mais parentes de vítimas requeiram as retificações pertinentes”, diz a nota.

_

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI6254128-EI306,00-OABRJ+lembra+com+tristeza+morte+de+Herzog+ocorrida+ha+ano.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s