Arquivos de Tag: diário de são paulo

Prédio é disputado por Conseg e Comissão | Diário de São Paulo

23/09/2012 | 7h

Comunidade da Bela Vista quer instalar no local, que já foi da Justiça Militar, companhia da PM Fernando Granato

Fernando Granato

A comunidade do bairro da Bela Vista, no centro, está em pé de guerra com os deputados da Comissão da Verdade da Assembleia Legislativa de São Paulo. O alvo da briga é um edifício amarelo e marrom, de arquitetura eclética, instalado no número 1.249 da Avenida Brigadeiro Luís Antônio.

A comunidade, por meio do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança), quer instalar no prédio, que já abrigou a 2 Auditoria da Justiça Militar, uma companhia da Polícia Militar – a que atende o bairro, a 1 Companhia, está bem distante dali, na Rua Vergueiro. Continuar Lendo →

Bauru recebe exposição sobre presos políticos | Diário de São Paulo

http://diariosp.com.br/noticia/detalhe/22378/Bauru+recebe+exposicao+sobre+presos+politicos

22/05/2012 | 11h28

Na sessão de abertura haverá apresentações artísticas e homenagem aos ex-presos políticos de Bauru

REDAÇÃO

Visitação à exposição é gratuita

Nesta quinta feira (24), às 14h, na Diretoria de Ensino de Bauru, ocorrerá a abertura da Exposição Fotográfica da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, sobre o período da Ditadura Militar. Na sessão haverá apresentações artísticas e homenagem aos ex-presos políticos de Bauru. Continuar Lendo →

Por um dia, Bauru é sede da anistia | Diário de São Paulo

http://www.diariosp.com.br/noticia/detalhe/19308/Por+um+dia,+Bauru+e+sede+da+anistia

19/04/2012 | 21h43

Casos como o do comunista Arcôncio Pereira da Silva são julgados por conselheiros de comissão

Cristina Camargo

O ex-ferroviário Arcôncio Pereira da Silva morreu um mês antes da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça realizar em Bauru uma sessão de julgamento em que o nome do comunista mais antigo da cidade foi o principal destaque.

Aos 96 anos, Arcôncio não resistiu a um AVC (acidente vascular cerebral) e morreu no dia 20 de março. Nesta quinta-feira, a Caravana da Anistia esteve na cidade para analisar 35 casos e pedir desculpas em nome do Estado aos perseguidos pela ditadura militar.

Arcôncio, que conseguiu receber a aposentadora e uma indenização do Estado de São Paulo antes de morrer, tinha a expectativa de ser indenizado também pela Comissão de Anistia do governo federal. Continuar Lendo →

%d blogueiros gostam disto: