Arquivos de Tag: opera mundi

Jango foi envenenado pela Operação Condor, revela ex-agente secreto uruguaio | Opera Mundi

Continuar Lendo →

Anúncios

“Operação Condor vai receber uma enorme atenção”, diz membro da Comissão da Verdade brasileira | Opera Mundi

23/09/2012 | 8h

Paulo Sérgio Pinheiro ressalta que colaboração dos países sul-americanos será fundamental para trabalho do grupo

Maycon Stähelin

Evento em que foi oficializada a criação da Comissão da Nacional da Verdade pela presidente Dilma Rousseff

Na primeira semana de setembro, os membros da CNV (Comissão Nacional da Verdade), instalada em março deste ano para apurar violações aos direitos humanos ocorridas entre 1946 e 1988, com destaque para o período da ditadura militar (1964-1985), participaram de um seminário em Brasília para debater e conhecer melhor as experiências de outras comissões da verdade nas Américas.

Um dos sete membros nomeados para a CNV pela presidenta Dilma Rousseff, Paulo Sérgio Pinheiro disse, em entrevista ao Opera Mundi, que um dos focos das investigações da comissão será a Operação Condor, a articulação entre os aparelhos repressores de Brasil, Argentina, Uruguai e Chile. “Na Operação Condor, o Brasil foi muito esperto, não deixou muitas marcas, não assinava acordos informais nesse sentido”, e por isso a cooperação com esses países será fundamental para conseguir informações, afirmou.

Doutor em Ciência Política pela Universidade de Paris, Pinheiro foi secretário de Estado de Direitos Humanos no governo Fernando Henrique Cardoso e integrou o grupo de trabalho nomeado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que preparou o projeto de lei da Comissão Nacional da Verdade. Continuar Lendo →

“Comissão da Verdade brasileira tem de ser agressiva nas buscas”, diz Peter Kornbluh | Opera Mundi

11/08/2012 | 8h30

Pesquisador norte-americano é uma das maiores autoridades mundiais em abertura de arquivos secretos

Não basta solicitar documentos que ninguém quer que apareça. É preciso encontrar formas de forçar a aparição destes papéis. Esse é o principal alerta que o pesquisador e escritor norte-americano Peter Kornbluh faz à Comissão da Verdade brasileira. Para ele, o órgão recém-criado para investigar crimes cometidos pela ditadura deve “ser agressiva na busca por registros militares e, se os militares não cooperarem, deve, então, estar preparada para dar publicidade geral, responsabilizando os que obstruírem os registros desta história negra”.

Kornbluh é uma das maiores autoridades em abertura de arquivos secretos – da crise dos mísseis em Cuba, em 1962, até a detenção do general chileno Augusto Pinochet, em 1998, passando pela crise do episódio Irã Contras e um punhado de outros capítulos obscuros da história da Guatemala, Argentina, Bolívia, Paraguai, onde o governo norte-americano esteve envolvido. Continuar Lendo →

Brasil pode ter sido mais decisivo que EUA nos golpes latino-americanos | Opera Mundi

11/08/2012 | 8h

Por João Paulo Charleaux

Documentos ultrassecretos provam que a ditadura brasileira chegou a exportar técnicas de tortura à militares da região

O ditador brasileiro Emílio Garrastazu Médici e o presidente dos EUA Richard Nixon

O Brasil pode ter tido um papel mais importante que os EUA nas ditaduras latino-americanas, embora a articulação estreita entre Brasília e Washington para perseguir militantes de esquerda nos anos 60 e 70 seja ainda quase desconhecida para a história oficial.

A missão de desvendar os meandros dessa cooperação e o verdadeiro papel que militares e civis brasileiros desempenharam em ditaduras como as do Chile, Argentina, Paraguai, Uruguai e Bolívia caberá à recém-instaurada Comissão da Verdade, diz o pesquisador norte-americano Peter Kornbluh em entrevista ao Opera Mundi. Continuar Lendo →

Eventos em SP lembram 75 anos do nascimento de Vladimir Herzog | Opera Mundi

31/05/2012 | 10h24

A largada foi dada nesta quinta-feira, com a abertura de uma mostra de documentários políticos latino-americanos

Os processos formais ligados à restauração da memória e ao direito à justiça, nos países latino-americanos que viveram décadas de ditadura, demoraram bastante a se estabelecer. É o caso do Brasil, que só em 2012, longos anos após a queda do poder ditatorial, vê estampadas com maior frequência na imprensa nacional manchetes sobre as chamadas Comissões da Verdade.

Continuar Lendo →

Comissão da Verdade deve investigar participação de brasileiros no golpe do Chile | Opera Mundi

26/05/2012 | 8h

João Paulo Charleaux

Fontes brasileiras e chilenas indicam que o papel do Brasil em 11 de setembro de 1973 foi crucial

A participação de civis e militares brasileiros no golpe militar contra o presidente chileno Salvador Allende, em setembro de 1973, pode ser uma das revelações inesperadas da recém instaurada Comissão da Verdade no Brasil.

O envio de 100 milhões de dólares por empresários brasileiros para financiar o golpe no Chile, as reuniões de militares golpistas na Embaixada do Brasil em Santiago e a “exportação” do know how em técnicas de sequestro e torturas cometidas durante a chamada “Operação Condor” fazem parte de uma lista mencionada por ex-membros do governo Allende, historiadores e escritores do Chile e do Brasil ouvidos pelo Opera Mundi num conjunto de entrevistas inéditas realizadas entre outubro de 2011 e maio de 2012.

Allende entrega documento sobre nacionalização do cobre, em 1971. Golpe contra presidente teve participação brasileira

Continuar Lendo →

%d blogueiros gostam disto: