Arquivos de Tag: comissão da verdade da unb

Comissão Nacional da Verdade e Comissão da Verdade da UnB realizam audiência temática sobre o caso Anísio Teixeira | CNV

Continuar Lendo →

Anúncios

Comissão Nacional da Verdade requisita a reitores levantamento sobre professores e funcionários prejudicados pelo regime militar | Comissão Nacional da Verdade

Continuar Lendo →

Comissão da Verdade na UnB: entre o passado e o futuro | UnB Agência

21/08/2012

Cristiano Paixão e José Otávio Nogueira Guimarães

Foi instalada, no último dia 10 de agosto, a Comissão Anísio Teixeira de Memória e Verdade da UnB. Quais perspectivas de atuação se colocam para a Comissão? Que papel ela pode desempenhar na história da Universidade?

Há dimensões essenciais que merecem destaque. A primeira delas é a necessidade de um conhecimento profundo, abrangente, articulado e coerente acerca do funcionamento dos mecanismos repressivos e das formas de resistência na UnB durante o regime civil-militar. Isso é o que se pretende com o relatório conclusivo, a ser apresentado à comunidade acadêmica após 18 meses de trabalho. Continuar Lendo →

Comissão da Verdade da UnB vai investigar suspeita de assassinato de Anísio Teixeira | Agência Brasil

17/08/2012 | 12h47

Gilberto Costa
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A Comissão de Memória e Verdade da Universidade de Brasília (UnB) vai investigar a suspeita que o ex-reitor da Universidade de Brasília (UnB), Anísio Teixeira, foi assassinado em março de 1971, por agentes do Estado, após ser sequestrado e levado para uma unidade da Aeronáutica, quando se dirigia à casa do filólogo Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, no Flamengo, no Rio de Janeiro. Segundo a nova versão, Anísio sofreu tortura e foi encontrado com vários ossos quebrados e traumatismo na cabeça e no ombro, devido a pancadas com objeto de forma cilíndrica, possivelmente feito de madeira.

Essa versão é admitida pela família do ex-reitor e veio a público na semana passada em Brasília no momento de instalação da comissão. Durante a cerimônia, João Augusto de Lima Rocha, professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e biógrafo de Anísio Teixeira, anunciou que tinha o conhecimento do assassinato conforme confidenciado a ele em relatos diferentes pelo ex-governador da Bahia Luís Viana Filho (1967-1971) e pelo professor e crítico literário Afrânio Coutinho. Continuar Lendo →

Comissão da verdade da UnB abre com revelações sobre a morte de Anísio Teixeira | Sul 21

13/08/2012 | 20h10

O professor João Augusto de Lima Rocha lê os primeiros depoimentos da Comissão Anísio Teixeira| Foto: Paulo Castro/UnB Agência

Criada para investigar os casos de repressão que envolvem a UnB, a Comissão Anísio Teixeira, fundador da instituição, começa com a leitura de depoimentos que confirmam o assassinato, pelo regime militar, do homenageado da comissão. O grupo conta com 11 integrantes, entre professores e ex-alunos vítimas do período da repressão e tem como presidente o ex-reitor Roberto Aguiar. Esta será a primeira Comissão com esta finalidade criada por uma universidade brasileira.

Os três depoimentos lidos pelo professor João Augusto de Lima Rocha na cerimônia de abertura reforçam a suspeita de que Teixeira foi assassinado pelo regime militar, o que contraria os documentos da época.  João Augusto afirma ter ouvido de Luiz Viana Filho, governador da Bahia quando Anísio Teixeira foi encontrado morto, que o educador foi preso no dia 11 de março de 1971 e levado para o quartel da Aeronáutica. O corpo foi encontrado no fosso de um elevador dois dias depois, em 13 de março. Continuar Lendo →

UnB vai criar comissão para investigar casos da ditadura militar | TV Brasil

17/07/2012 | 8h

A Universidade de Brasília vai criar uma comissão para investigar os desaparecimentos e os casos de repressão na universidade durante a ditadura militar. O objetivo do grupo é colaborar com a comissão nacional da verdade.

_

http://tvbrasil.ebc.com.br/reporterbrasil-manha/episodio/unb-vai-criar-comissao-para-investigar-casos-da-ditadura-militar

Comissão irá investigar violência cometida na UnB durante ditadura militar | Correio Braziliense

10/07/2012 | 7h

Universidade de Brasília institui grupo com o objetivo de esclarecer episódios de violência contra a comunidade acadêmica durante a didatura militar. Desvendar o desaparecimento de alunos é o principal foco do trabalho

Testemunhas da repressão no câmpus entre 1964 e 1984 devem ser ouvidas pela comissão da UnB

A Universidade de Brasília (UnB) vai remexer o seu passado. Em 15 dias, um grupo de professores e historiadores se reunirá para esmiuçar documentos engavetados que podem revelar detalhes da violenta repressão sofrida pela comunidade acadêmica durante o regime militar. Testemunhas serão convidadas a contar o que viram e ouviram entre 1964 e 1984. O projeto, batizado de Comissão da Verdade da UnB, terá duas abordagens. Uma pretende desvendar o desaparecimento de líderes estudantis no período da ditadura e investigar episódios de tortura contra servidores. A segunda visa resgatar a história de uma das maiores instituições de ensino do país. Continuar Lendo →

%d blogueiros gostam disto: