Arquivos de Tag: comissão da verdade helder câmara – pernambuco

Comissão da Verdade realiza primeira sessão pública do caso Anatália de Souza | Diário de Pernambuco

Continuar Lendo →

Comissão Estadual de Memória e Verdade faz sessão sobre Odijas Carvalho | Diário de Pernambuco

Continuar Lendo →

Comissão da Verdade divulga lista preliminar de mortos e desaparecidos pernambucanos vítimas da repressão | Diário de Pernambuco

Continuar Lendo →

No Recife, Comissão Estadual da Verdade ouve ex-major Ferreira | G1

20/09/2012 | 16h56

Ele atuou na PM durante a ditadura, e é peça-chave nas investigações.
Ferreira seria o autor do tiro que deixou o jovem Cândido Pinto paraplégico.

Ouvida de José Ferreira dos Anjos (ex-major Ferreira) pela
Comissão da Verdade (Foto: Jacqueline Araújo/Divulgação)

A Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Helder Câmara, que investiga as mortes, torturas e desaparecimentos de pessoas durante o período da ditadura militar, ouviu nesta quinta-feira (20) o depoimento do ex-major da Polícia Militar, José Ferreira dos Anjos. Ele atuou na 2ª seção da PM no período da repressão, e é considerado peça-chave para esclarecer os crimes ocorridos em Pernambuco durante essa época. A sessão, que foi aberta ao público, lotou o auditório do Banco Central, na Rua da Aurora, centro do Recife.

A pedido da Comissão da Verdade, a própria PM garantiu a segurança do ex-major, que foi recrutado, em 1969, pelo então comandante do 4° Exército, o General Ednardo D’Ávila Melo. O trabalho de Ferreira seria atuar na repressão aos que eram contra o Golpe Militar de 1964. Continuar Lendo →

Comissão Estadual da Verdade recebe suporte operacional e sede permanente | Sul 21

20/09/2012 | 11h39

Da Redação

Comissão Estadual da Verdade na nova sede, no prédio do IPE./Foto: Humberto Alencastro/Palácio Piratini

A Comissão Estadual da Verdade tem um espaço físico permanente para as reuniões de trabalho dos cinco integrantes. Nesta quarta-feira (19), salas no 12º andar do prédio do Instituto de Previdência do Estado (IPE), no Centro de Porto Alegre, foram cedidas pelo governo estadual ao grupo que poderá se estruturar para examinar documentos, ouvir relatos e despachar materiais para a Comissão Nacional da Verdade.

Também foram disponibilizados uma linha telefônica – (51) 3225.5823 – e um endereço eletrônico (comissaodaverdade@casacivil.rs.gov.br) para atendimento aos cidadãos. Para dar suporte técnico e institucional à Comissão Estadual da Verdade, o governo gaúcho disponibilizou servidores das Secretarias Estaduais da Segurança Pública e da Justiça e dos Direitos Humanos, da chefia de Gabinete do Governador, da Casa Civil e da Coordenação do Assessoramento Superior do Governador. Continuar Lendo →

Em audiência pública, Comissão da Verdade pede reformulação da Lei da Anistia | Diário de Pernambuco

30/08/2012 | 15h19

Tércio Amaral

O clima, quase sempre “morno” nos debates, mudou e ganhou ares de polêmica. Nesta quinta-feira, durante uma audiência pública sobre os casos do desaparecimento dos militantes Fernando Santa Cruz e Eduardo Collier no regime militar (1964-1985), os membros da Comissão da Verdade de Pernambuco encararam de frente um debate nacional: a reformulação da Lei da Anistia, aprovada na época da redemocratização do país, em 1979, e que descarta qualquer tipo de punição aos acusados por crimes políticos de perseguição, tortura e até de assassinato.

Depois de contar por horas trechos e depoimentos de  familiares de Fernando Santa Cruz, militante de esquerda pernambucano desaparecido no Rio de Janeiro, parentes e representantes da Comissão da Verdade ouviram um depoimento curto e grosso da deputada federal de São Paulo Luiza Erudina (PSB). Para ela, os trabalhos das Comissões (estaduais e até a nacional) não devem avançar se continuar seguindo o formato tradicional. Continuar Lendo →

Comissão da Verdade discute detalhes do assassinado do Padre Henrique | Diário de Pernambuco

16/08/2012 | 13h52

Suetoni Souto Maior

Detalhes da militância política do padre assassinado durante o regime militar, Antônio Henrique Pereira Neto, ou simplesmente Padre Henrique, suscitou debates acalorados hoje, durante audiência da Comissão da Verdade de Pernambuco.

Durante o encontro, na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE), foi ouvido o padre Ernani, que atuou ao lado do religioso durante os anos de chumbo. Padre Henrique foi assassinado por militares em 1969.

A reunião, iniciada em clima amistoso, se tornou tensa após o advogado criminalista e membro da comissão, Gilberto Marques, questionar o porquê da mudança ocorrida durante o inquérito policial, que foi convertido em inquérito judicial ainda na fase de apuração. Continuar Lendo →

Anistia e Comissão da Verdade em PE firmam acordo de cooperação | Folha de São Paulo

06/08/2012 | 19h47

A Comissão Estadual da Verdade Helder Câmara, de Pernambuco, poderá ter acesso às informações referentes a violações aos direitos humanos já apuradas pela Comissão de Anistia. Em troca, o grupo estadual fornecerá dados que subsidiem o órgão do Ministério da Justiça na análise de pedidos de reparações para vítimas no Estado nordestino.

O acordo para a integração de processos, troca de informações e realização de oficinas conjuntas foi firmado nesta segunda-feira (6) e permitirá que a Comissão da Verdade em Pernambuco tenha acesso aos dados existentes nos mais de 70 mil pedidos de anistia protocolados no Ministério da Justiça. Continuar Lendo →

Ex-delegado afirma que padre Henrique foi assassinado “por acaso” | Diário de Pernambuco

31/07/2012 | 21h33

Jorge Tarso de Souza disse à Comissão da Verdade de Pernambuco que não havia planejamento para matar o braço direito de dom Helder

Tércio Amaral

Na primeira sessão pública da Comissão Estadual da Memória e Verdade, Jorge Tarso de Souza prestou depoimento sobre a morte do Padre Henrique. Foto: Teresa Maia/DP/D.A.Press

Em um depoimento histórico, mas sem novas informações, a Comissão da Memória e da Verdade em Pernambuco saiu na frente da Comissão Nacional e realizou, ontem, a primeira audiência pública com um personagem que foi testemunha dos crimes cometidos pelo aparelho repressivo do regime militar do Brasil (1964-1985). Em depoimento aos membros do grupo, o ex-delegado Jorge Tarso de Souza jogou mais lenha na “fogueira” do caso do padre Henrique, assassinado em 1969 e considerado o braço direito do arcebispo de Recife e Olinda, dom Helder Camara. A tese polêmica referendada por ele seria de que não havia planejamento para o assassinato do religioso e que o crime foi cometido “por acaso”. Continuar Lendo →

Mãe de vítima emociona na instalação da Comissão da Verdade de Pernambuco | Estadão

01/06/2012 | 20h44

‘Onde está meu filho?’, pergunta Elzita Santa Cruz, 98 anos, dos quais 38 aguardando a resposta

Angela Lacerda, da Agência Estado

RECIFE – Elzita Santa Cruz, 98 anos, representante dos mortos e desaparecidos no período da ditadura militar, deu o tom de emoção à instalação da Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Hélder Câmara, na tarde desta sexta-feira, 1º, nos jardins do Palácio do Campo das Princesas. “Onde está meu filho?” perguntou ela, que aguarda uma resposta há 38 anos, desde o desaparecimento de Fernando Santa Cruz, sequestrado no dia 23 de fevereiro de 1974, no Rio de Janeiro. Continuar Lendo →

%d blogueiros gostam disto: