Arquivos de Tag: marcelo netto

MP começa a investigar queima de corpos de desaparecidos políticos | Rede Brasil Atual

14/06/2012 | 6h01

Procurador da República considerou “coerentes” declarações de ex-delegado

Por Vitor Nuzzi

São Paulo – O Ministério Público Federal (MPF) em Campos (RJ), na região conhecida como Norte Fluminense, abriu investigação para apurar a informação de que pelo menos dez corpos foram incinerados na usina de Cambaíba durante a ditadura. Está previsto para a semana que vem o depoimento de um ex-funcionário da usina, citado no livro “Memórias de uma Guerra Suja”, que traz declarações do ex-delegado do Dops Cláudio Guerra. O procurador da República Eduardo Santos de Oliveira observa que o livro é tratado apenas como referência, mas, ao conhecer o ex-agente, disse que ele respondeu “todas as perguntas com muita firmeza e riqueza de informações”. Continuar Lendo →

Anúncios

Livro fala sobre as torturas e execuções durante o regime militar | TVT

01/06/2012

_

http://www.youtube.com/watch?v=EEYwKx98eto

Livro sobre ditadura provoca ‘encontro’ entre algoz e famílias de vítimas | Rede Brasil Atual

28/05/2012 | 9h12

Depoimento de ex-delegado reaviva dores, mas militantes defendem que ele seja protegido para “falar mais”. Para jornalista, Cláudio Guerra tem de ser “sugado” pela Comissão da Verdade

Vitor Nuzzi

São Paulo – O lançamento em São Paulo do livro “Memórias de uma Guerra Suja” proporcionou, indiretamente, o encontro de um algoz com familiares de algumas de suas vítimas. Baseada no relato do ex-delegado do Dops Cláudio Guerra, a obra fez reviver antigas dores. A assistente social Rosalina Santa Cruz participou do lançamento, no último sábado (26), e se emocionou ao falar com os jornalistas Rogério Medeiros e Marcello Neto, que colheram o depoimento do ex-agente da ditadura. Seu irmão Fernando Santa Cruz teria sido uma das vítimas jogadas no forno da usina Cambaíba, em Campos dos Goytacazes (RJ), local apontado como crematório de presos políticos assassinados. “Me veio novamente aquela dor da época que Fernando desapareceu. Este é meu irmão e isso é o que aconteceu no nosso país. Fiquei pensando, não ele (Guerra), mas como a ditadura usou as pessoas da forma mais cruel”, disse Rosalina durante o evento, no Memorial da Resistência, antiga sede do Dops paulista.
Continuar Lendo →

Evento | 26/05 | São Paulo | Os Desafios da Comissão da Verdade Frente às Novas Revelações do Livro “Memórias de Uma Guerra Suja”

Sábado Resistente acontece dia 26 às14h no Memorial da Resistência

Os crimes cometidos pela ditadura são denunciados há décadas e o País espera  que a Comissão da Verdade seja capaz de construir um relato definitivo,  encerrando essa fase violenta do Estado contra sua população. Periodicamente, surgem agentes da repressão policial militar para contar o que fizeram com os presos e com os desaparecidos, em particular. Essa história sem fim precisa de ações concretas e respostas contundentes  contra as torturas  e  os torturadores, para  que se possa virar a página deste triste capítulo de nossa história e para que nunca mais aconteça.

A última confissão desses crimes foi feita pelo  policial Cláudio Guerra em depoimento  a Marcelo Netto e Rogério Medeiros no livro “Memórias de uma guerra suja”. Sem rodeios, ele conta as muitas barbaridades cometidas pela repressão militar, inclusive com a incineração dos corpos de desaparecidos políticos, ao estilo dos nazistas de Hitler.

No Encontro do dia 26 de maio, o Sábado Resistente traz para o debate o jornalista Marcelo Netto, que por três anos investigou os fatos revelados, o deputado estadual e presidente da Comissão da Verdade Estadual Adriano Diogo e o procurador federal Sérgio Suiama para discutir o papel da Comissão da Verdade  frente a episódios como estes e para buscar respostas a muitas  das questões que inquietam familiares de desaparecidos políticos, militantes de direitos humanos e todos os interessados na construção de um futuro melhor para o País.

Nesse mesmo ato, será lançado em São Paulo o livro “Memórias de uma guerra suja”.

PROGRAMAÇÃO
14h: Boas vindas – Caroline Grassi Franco de Menezes (Memorial da Resistência de São Paulo)
Coordenação – Ivan Seixas (Presidente do Núcleo de Preservação da Memória Política)

14h15 – 14h45: Cláudio Guerra – fantasia ou realidade?
Marcelo Netto (autor do livro)

14h45 -15h15: Comissão da Verdade, um trabalho fundamental para o país
Adriano Diogo – Deputado Estadual e Presidente da Comissão Estadual da Verdade (SP)

15h15 – 15h45: O que se deve fazer com os fatos apurados pela Comissão da Verdade?
Dr. Sérgio Suiama – Procurador Federal de Justiça – Ministério Público Federal

16h00: Debate aberto  com o público

16h45: LANÇAMENTO do livro “Memórias de uma guerra suja”

Os Sábados Resistentes, promovidos pelo Memorial da Resistência de São Paulo e pelo Núcleo de Preservação da Memória Política, são um espaço de discussão entre militantes das causas libertárias, de ontem e de hoje, pesquisadores, estudantes e todos os interessados no debate sobre as lutas contra a repressão, em especial à resistência ao regime civil-militar implantado com o golpe de Estado de 1964. Os Sábados Resistentes têm como objetivo maior o aprofundamento dos conceitos de Liberdade, Igualdade e Democracia, fundamentais ao Ser Humano.

SÁBADO RESISTENTE
Dia 26 de maio, das 14h às 17h30

Memorial da Resistência de São Paulo
Largo General Osório, 66 – Luz Auditório Vitae – 5º andar

Fonte: http://www.cultura.sp.gov.br/portal/site/SEC/menuitem.71b090bd301a70e06d006810ca60c1a0/?vgnextoid=9daf3063b740b110VgnVCM100000ac061c0aRCRD&idNoticia=f5e5d31af2237310VgnVCM1000008936c80a____

Comissão da Verdade paulista discute revelações de Cláudio Guerra | Época

http://colunas.revistaepoca.globo.com/felipepatury/2012/05/24/comissao-da-verdade-paulista-discute-revelacoes-de-claudio-guerra/

24/05/2012 | 17h36

Por Felipe Patury

A Comissão da Verdade de São Paulo discutirá, no sábado, as revelações do ex-delegado Cláudio Guerra, que relata ter participado de execuções, atos terroristas e do sumiço de cadáveres durante o regime militar. O procurador federal Sérgio Suiama, que se dedica ao assunto, ouvirá o ex-delegado e analisará as implicações jurídicas das descobertas feitas pelas comissões da verdade do estado e da recém-instalada pelo governo federal. A versão de Cláudio Guerra foi registrada no livro “Memórias de uma Guerra Suja” dos jornalistas Marcelo Netto e Rogério Medeiros, que participarão da sessão. O debate ocorrerá no Memorial da Resistência, no Centro de São Paulo.

Memórias de uma guerra suja | Parte 4 | Observatório da Imprensa

22/05/2012

Alberto Dines | Programa nº 64o

CONFISSÕES DE UM CARRASCO – Parte 4 de 4

Continuar Lendo →

Memórias de uma guerra suja | Parte 3 | Observatório da Imprensa

22/05/2012

Alberto Dines | Programa nº 64o

CONFISSÕES DE UM CARRASCO – Parte 3 de 4

Continuar Lendo →

Memórias de uma guerra suja | Parte 2 | Observatório da Imprensa

22/05/2012

Alberto Dines | Programa nº 64o

CONFISSÕES DE UM CARRASCO – Parte 2 de 4 Continuar Lendo →

Memórias de uma guerra suja | Parte 1 | Observatório da Imprensa

22/05/2012

Alberto Dines | Programa nº 64o

CONFISSÕES DE UM CARRASCO – Parte 1 de 4
Continuar Lendo →

%d blogueiros gostam disto: