Arquivos de Tag: jornal do brasil

OAB-RJ homenageia hoje maior defensor de presos políticos na ditadura | Jornal do Brasil

Continuar Lendo →

Anúncios

OAB: Rio de Janeiro foi o centro da repressão durante ditadura militar | Jornal do Brasil

Continuar Lendo →

OAB faz apelo a governador: “crie por decreto a Comissão da Verdade” | Jornal do Brasil

Continuar Lendo →

OAB comemora aprovação da Comissão da Verdade do Rio de Janeiro | Jornal do Brasil

Continuar Lendo →

Bolsonaro derruba votação da Comissão da Verdade novamente | Jornal do Brasil

Continuar Lendo →

Alerj pode criar hoje Comissão da Verdade no Rio | Jornal do Brasil

Continuar Lendo →

OAB consegue apoio de Cabral para criação da Comissão da Verdade no Rio | Jornal do Brasil

Continuar Lendo →

Documentos dos militares careciam de credibilidade, afirma presidente da ABI | Jornal do Brasil

06/09/2012 | 19h05

Matéria do Jornal do Brasil repercute entre jornalistas, advogados e ex-jogador

Henrique de Almeida

Os documentos de Informações dos órgãos de repressão na ditadura militar – tal como o apresentado ontem pelo Jornal do Brasil – careciam de credibilidade. Quem, atesta isso é o atual presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Maurício Azedo.

“Informes, documentos e relatórios daquela época careciam de verdade nas informações encontradas pelos militares, mesmo naquela época. Após serem liberados para análise, isso fica muito evidente em documentos como esse”, lembrou o jornalista. Ele também defendeu os veículos listados como pertencentes à ” imprensa marrom”: Continuar Lendo →

Na ditadura, militares complicam artistas em documento | Jornal do Brasil

05/09/2012 | 23h55

Nomes como os de Roberto Carlos e Clara Nunes estão em informe do Exército em 1971

Na ânsia de prestar serviço a seus superiores, os militares e seus informantes que trabalharam do lado da repressão durante a ditadura militar (1964-1985) acusavam injustamente artistas, ainda que algumas vezes o fizessem como se os estivessem defendendo.

Um documento de 25 de novembro de 1971, Info 2755/71/S-103.2, do antigo Centro de Informações do Exército(CIE), a pretexto de acusar alguns jornais e revistas de “imprensa marrom”, relaciona os “artistas que se uniram à Revolução de 64 no combate à subversão e outros que estão sempre dispostos a uma efetiva cooperação com o Governo”.

Continuar Lendo →

Estranha falta de quórum na Alerj | Jornal do Brasil

05/09/2012 | 19h

Luciano Pádua

Conforme havia antecipado o Informe JB na manhã desta quarta-feira (5), o grande obstáculo à aprovação da Comissão da Verdade na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) foi o quórum do plenário. À tarde, embora 49 parlamentares registraram presença no plenário da Casa, na hora da votação do projeto que cria a Comissão, só se manifestaram 32 deputados: faltaram quatro para o quórum necessário.

O curioso é que a votação anterior era do projeto de lei 1.688/12, que trata da venda de imóveis do estado. Entre eles, o Quartel General (QG) da Polícia Militar, na Rua Evaristo da Veiga, no Centro do Rio, avaliado em R$ 330 milhões. A proposta foi aprovada com ampla maioria em votação nominal, com 36 votos a favor, 12 contra e uma abstenção. Outros 26 imóveis estão incluídos na lista para venda. Continuar Lendo →

OAB apoia abertura de ação penal contra militares por crimes na ditadura | Jornal do Brasil

4/9/2012 | 7h08

O presidente da OAB do Rio de Janeiro, Wadih Damous, considerou hoje (04) correta a decisão da Justiça Federal em Marabá (PA) que aceitou denúncia do Ministério Público Federal e determinou a abertura de ação penal contra os coronéis da reserva Sebastião Curió e Lício Maciel. Ambos atuaram na guerrilha do Araguaia  e são acusados do crime de sequestro qualificado.

Segundo Damous, trata-se de crime continuado, que permanece sendo cometido até que os corpos dos desaparecidos “apareçam”. “Por isso não se pode falar em prescrição ou que tais crimes estejam cobertos pela Lei de Anistia, já que a sua continuidade extrapola o ano de 1979, em que foi promulgada a lei”, disse.  Continuar Lendo →

OAB quer criação de Centros Culturais nos antigos prédios do Doi-Codi e do Dops | Jornal do Brasil

28/08/2012 | 6h43

O presidente da OAB do Rio de Janeiro (OAB-RJ), Wadih Damous, defendeu hoje (28) a transformação em Centros Culturais e de Preservação da Memória os principais locais usados no Rio de Janeiro para a tortura de presos políticos durante a ditadura militar: o DOI-Codi, no quartel da Polícia do Exército, na Tijuca, e o Dops, na Rua da Relação.

Ele lembrou que nesses lugares de triste memória, milhares de opositores do regime militar foram torturados e, muitos deles, assassinados.

“É fundamental que as barbaridades cometidas neste locais não caiam no esquecimento e que jamais se repitam”, afirmou Continuar Lendo →

Comissão de Anistia julga processo de homem desaparecido na ditadura | Jornal do Brasil

17/08/2012 | 9h35

Mãe de preso político, já com 99 anos, estará no julgamento

Começou nesta sexta-feira(17), na sede da PUC-RJ, a 61ª Caravana da Anistia. Em destaque, haverá hoje o julgamento do processo de Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira, desaparecido político durante a ditadura militar. O presidente da Comissão de Anistia, Paulo Abraão, conduzirá a sessão, enquanto a sustentação oral em nome da família Santa Cruz ficará por conta do presidente da OAB no Rio, Wadih Damous. O processo começou por volta das 9h30.

Dona Elzita, mãe de Fernando, possui hoje 99 anos de idade. Á época do desaparecimento, Fernando Santa Cruz era estudante de Direito na Universidade Federal Fluminense e tinha 26 anos. Ele foi preso e torturado por agentes do DOI-CODI em fevereiro de 1974, no Rio de Janeiro, juntamente com outros integrantes da Ação Popular Marxista-Leninista (APML). Fernando Santa Cruz dá nome ao Centro Acadêmico de Direito da UFF. Continuar Lendo →

Verdades incômodas à Comissão da Verdade | Jornal do Brasil

13/08/2012 | 13h

Marcelo Auler

Na tarde desta segunda-feira (13), ao se reunir na sede da OAB do Rio de Janeiro com o teólogo Leonardo Boff, a Comissão Nacional da Verdade ouvirá um discurso duro contra a lei da anistia brasileira e o próprio trabalho que os sete membros da comissão pretendem desenvolver.

No encontro, que terá à frente o coordenador da Comissão, ministro Gilson Dipp, Boff deveria falar, na condição de militante dos Direitos Humanos, sobre  as “Estruturas da Repressão – Locais de Tortura e Morte no Rio de Janeiro”.  Continuar Lendo →

Comissão Nacional da Verdade se reúne segunda-feira na OAB do Rio | Jornal do Brasil

10/08/2012 | 9h41

A Comissão Nacional da Verdade irá se reunir, nos próximos dias 13 (segunda-feira) e 14 (terça-feira), na sede da Seccional da OAB do Rio, onde fará audiência pública com vítimas, parentes de vítimas e comitês da verdade e mesa redonda sobre a ditadura e sobre os centros de tortura e morte no Rio de Janeiro.

Na ocasião, o presidente da Seccional, Wadih Damous, irá entregar ao coordenador nacional da Comissão, ministro Gilson Dipp, os depoimentos colhidos pela Comissão da Verdade da OAB-RJ e que tratam, especificamente, de arbitrariedades cometidas pela Justiça Militar contra presos políticos. Continuar Lendo →

César Benjamin falou à Comissão da Verdade da OAB-RJ sobre condenação | Jornal do Brasil

13/07/2012 | 18h32

Ouvido pela Comissão da Verdade da Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (13), o ex-preso político César Benjamin contou, em depoimento, como em 1971 laudo firmado por um psiquiatra do Exército foi usado pela Justiça Militar para comprovar a sua maioridade.

Na ocasião, César tinha 17 anos. O laudo, de autoria do tenente-médico Leuzzi, atestava que César tinha a idade mental de 35 anos. A Justiça Militar o aceitou como prova de maioridade e, com base nisso, passou a condenar César. Continuar Lendo →

Fomos todos espionados | Jornal do Brasil

07/07/2012 | 21h03

Selvino Heck*

Felizmente (ou será infelizmente?), estou muito bem acompanhado. Reproduzo e explico: “CONFIDENCIAL. Serviço Nacional de Informações. Data: 05 junho 1981. Assunto: Pessoas ligadas à subversão no Rio Grande do Sul. Anexo: Cópia de fichas (50 fichas). Em anexo, encaminha-se para fins de arquivo, relação de fichas contendo dados de qualificação, endereços e outros dados, das seguintes pessoas, em três ordens de prioridade, cujas atividades estão ligadas à subversão no Rio Grande do Sul: PRIORIDADE 1 (71 nomes, grifo meu, entre os quais): Adeli Sell, Antônio Cechin, Calino Ferreira Pacheco Filho, Carlos Francklin Paixão de Araújo, Ilimar Franco da Silva, Isabel de Souza Costa, José Antônio Pinheiro Machado, Olívio de Oliveira Dutra, Tarso Fernando Herz Genro. PRIORIDADE 2 (84 nomes): Cézar Santos Alvarez, DILMA VANA ROUSSEF LINHARES, Lauro Haggemann, Marcos Antônio da Silva Klassmann, Selvino Heck, Valneri Neves Antunes. PRIORIDADE 3 (44 NOMES): César Augusto Generalli Busatto, Cláudio Augustin, Gert Schinke, Jorge Santos Buchabqui.

Isso era 1981. Segundo os registros fornecidos pelo Arquivo Nacional, em Brasília, no meu caso, a espionagem começou em 1975. De um calhamaço de referências, pinço as histórias mais interessantes.  Continuar Lendo →

OAB-RJ cria Comissão da Verdade para saber atuação de juízes na ditadura | Jornal do Brasil

28/06/2012 | 6h36

O presidente da OAB do Rio de Janeiro (OAB-RJ), Wadih Damous, anunciou hoje (28) a criação, no âmbito da Seccional, da Comissão da Verdade a fim de que a entidade possa ouvir relatos sobre a atuação de juízes e promotores da justiça militar durante os julgamentos de presos políticos na ditadura.

Damous anunciou também o início de uma  campanha pelo tombamento dos centros de tortura, que seriam transformados em centros da memória. Continuar Lendo →

No Dia Mundial contra a Tortura, ONGs defendem punição de torturadores | Jornal do Brasil

26/06/2012 | 21h36

Luciano Pádua

Na data em que a ONU estipulou como Dia Mundial em Apoio às Vítimas de Tortura, nesta terça-feira (26), o governo brasileiro voltou a ser criticado pelo atraso nas investigações sobre os crimes de tortura ocorridos na ditadura militar. Para Organizações Não Governamentais e entidades que lutam pelos Direitos Humanos a busca pela verdade e o resgate das informações ocultadas na época é essencial para não se perder a memória social do país. Elas cobram a punição dos torturadores e denunciam ainda que a tortura no Brasil continua existindo nos dias de hoje, especialmente em presídios.   Continuar Lendo →

Reforço para a Comissão da Verdade | Jornal do Brasil

31/05/2012 | 16h01

Diante da falta de ligação explícita entre os membros da Comissão da Verdade com pesquisas  relacionadas à ditadura e à violação de Direitos Humanos naquele período, a Casa Civil decidiu nomear um time de especialistas para assessorar os titulares do colegiado.

Já foram nomeados o advogado José Roberto Antonini, a historiadora Heloísa Maria Murgel Starling e a socióloga Nadine Monteiro Borges, todos com estudos sobre o tema no currículo.

A avaliação do Planalto é que, sem essa ajuda, a comissão iria patinar muito até chegar a algum lugar.

http://www.jb.com.br/anna-ramalho/noticias/2012/05/31/reforco-para-a-comissao-da-verdade/

%d blogueiros gostam disto: