Arquivos de Tag: grupo tortura nunca mais são paulo – gtnm-sp

Vídeo sugere que ditadura ensinou indígenas a torturar | Folha de São Paulo

Continuar Lendo →

Anúncios

Comissão Nacional da Verdade endossa pedido para que USP reveja decisão que afirma que desaparecida “abandonou função” | CNV

Continuar Lendo →

Entidades de direitos humanos investigam genocídio indígena na ditadura | Carta Maior

13/08/2012

Pesquisa iniciada pelo Tortura Nunca Mais de São Paulo, Juízes pela Democracia e Arquidiocese de São Paulo para embasar a Comissão Nacional da Verdade aponta indícios de crimes graves, como o extermínio de aldeias inteiras, via fuzilamento, inoculação de doenças por roupa ou comida contaminada, lançamento de bananas de dinamite por aviões, além da existência de centros de tortura e de prisões ilegais. A reportagem é de Najla Passos.

Najla Passos

Brasília – O Grupo Tortura Nunca Mais de São Paulo, a associação Juízes pela Democracia e a Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo aceitaram o desafio de investigar as denúncias de violações dos direitos humanos contra os povos indígenas brasileiros cometidas pela ditadura militar (1964-1986), com o objetivo de dar subsídios para que a Comissão Nacional da Verdade (CNV) possa destrinchar o assunto no seu relatório final. Continuar Lendo →

O massacre de indígenas na Ditadura Militar | Brasilianas.org

26/07/2012 | 12h50

Autor: Lilian Milena

Organizações se reúnem para investigar crimes da ditadura contra população indígena

Tribos indígenas inteiras foram dizimadas durante a Ditadura Militar no Brasil. Casos como o massacre de duas tribos Pataxó na Bahia, pelo então coordenador do Serviço de Proteção ao Índio, Major da Aeronáutica Luiz Vinhas Neves, por inoculação do vírus da varíola, ou dos Cinta-Larga, no Mato Grosso, mortos a dinamites e metralhadoras, devem voltar a tona com o auxílio de grupos organizados da sociedade civil que solicitaram, recentemente, à Comissão Nacional da Verdade que investigue crimes cometidos contra populações indígenas, entre 1948 e 1988, a mando do Estado. Continuar Lendo →

Comissão da Verdade investigará crimes cometidos contra índios na ditadura militar | Agência Brasil

21/07/2012 | 15h37

Daniel Mello
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – A Comissão Nacional da Verdade também vai investigar os crimes cometidos durante a ditadura militar contra os povos indígenas, com a participação ou a conivência do Estado. “É um tema que está no nosso planejamento. Vamos investigar isso, sim, porque na construção de rodovias há histórias terríveis de violações de direitos indígenas”, ressaltou nesta semana um dos membros da comissão, o diplomata Paulo Sérgio Pinheiro, após encontro com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

O Grupo Tortura Nunca Mais vem se articulando com outras entidades, como a Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo, para reunir material sobre as violações contra os índios no período da ditadura. Segundo o vice-presidente do grupo, Marcelo Zelic, a política de extermínio promovida pelo regime é evidenciada em documentos públicos, como os que mostram que, na década de 1960, foi instaurada uma Comissão Parlamentar de Inquérito na Câmara dos Deputados para apurar os massacres de indígenas. Continuar Lendo →

Tribunal da Ditadura avalia casos de violação dos direitos humanos no Brasil | TVT

Brasil diz à OEA que anistia impede reabertura do caso Herzog | Folha de São Paulo

21/06/2012 | 17h55

DANIEL RONCAGLIA
DE SÃO PAULO

O Estado brasileiro afirmou à Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos) que a Lei da Anistia impede a reabertura de uma ação criminal para investigar a morte do jornalista Vladimir Herzog.

Em março deste ano, o Brasil foi denunciado na comissão e, por isso, foi obrigado a apresentar uma resposta oficial.

O caso foi levado ao organismo internacional por entidades de direitos humanos, como Cejil (Centro pela Justiça e o Direito Internacional), FIDDH (Fundação Interamericana de Defesa dos Direitos Humanos), Grupo Tortura Nunca Mais e Instituto Vladimir Herzog. Continuar Lendo →

Comissão da Verdade admite apurar crimes contra indígenas durante ditadura | Rede Brasil Atual

13/06/2012 | 19h26

Em reunião na capital paulista, organizações de defesa dos direitos humanos lembram que, mesmo tendo sido dizimados pelo regime, índios brasileiros permanecem no esquecimento

Por Tadeu Breda

São Paulo – A Associação de Juízes para a Democracia (AJD), o Grupo Tortura Nunca Mais de São Paulo e a Comissão Nacional Justiça e Paz, ligada à igreja católica, foram recebidos ontem (12) pelos integrantes da Comissão Nacional da Verdade, que investiga os crimes cometidos pelo Estado brasileiro entre 1946 e 1988, e pediram a seus membros que se dediquem a elucidar as violações aos direitos humanos cometidas contras as populações indígenas durante a ditadura. Continuar Lendo →

Grupo oferece processos da ditadura para a Comissão da Verdade | Terra

12/06/2012 | 22h33

O Grupo Tortura Nunca Mais se reuniu nesta terça-feira com a Comissão Nacional da Verdade para oferecer o acervo com 707 processos instaurados pelo Superior Tribunal Militar durante o período da ditadura (1964-1985). O material, gravado em microfilme e enviado para o exterior, foi repatriado no ano passado. Ele está sendo digitalizado e será disponibilizado ao público pela internet no site do Ministério Público Federal (MPF).

A presidente do Grupo Tortura Nunca Mais, a jornalista Rose Nogueira, explicou que o trabalho ainda não foi concluído porque parte dos arquivos está danificado. Segundo ela, a dimensão do projeto demonstra a importância da sociedade civil para preservação da memória do período ditatorial. “É um trabalho enorme da sociedade civil”, ressaltou. Continuar Lendo →

Memórias de uma guerra suja | Parte 4 | Observatório da Imprensa

22/05/2012

Alberto Dines | Programa nº 64o

CONFISSÕES DE UM CARRASCO – Parte 4 de 4

Continuar Lendo →

Memórias de uma guerra suja | Parte 3 | Observatório da Imprensa

22/05/2012

Alberto Dines | Programa nº 64o

CONFISSÕES DE UM CARRASCO – Parte 3 de 4

Continuar Lendo →

Memórias de uma guerra suja | Parte 2 | Observatório da Imprensa

22/05/2012

Alberto Dines | Programa nº 64o

CONFISSÕES DE UM CARRASCO – Parte 2 de 4 Continuar Lendo →

Memórias de uma guerra suja | Parte 1 | Observatório da Imprensa

22/05/2012

Alberto Dines | Programa nº 64o

CONFISSÕES DE UM CARRASCO – Parte 1 de 4
Continuar Lendo →

Comissão da OEA investiga Brasil por caso Herzog | Estadão

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,comissao-da-oea-investiga-brasil-por-caso-herzog,855039,0.htm

29/03/2012 | 13h15

País foi notificado oficialmente e terá cerca de dois meses para explicar por que não puniu o assassinato do jornalista, morto no DOI-Codi de São Paulo, em 1975

Foto feita na cela do DOI-Codi, em outubro de 1975 | Reprodução/Arquivo AE

RIO – A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), órgão da Organização dos Estados Americanos (OEA) sediada em Washington (EUA), abriu oficialmente processo para investigar por que o Brasil não puniu o assassinato sob tortura por agentes do DOI-Codi de São Paulo, em 25 de outubro de 1975, do jornalista Vladimir Herzog. O País foi notificado na última terça-feira, 20, da denúncia apresentada pelo Centro pela Justiça e o Direito Internacional (CEJIL), pela Fundação Interamericana de Defesa dos Direitos Humanos (FIDDH), pelo Grupo Tortura Nunca Mais de São Paulo e pelo Centro Santo Dias de Direitos Humanos da Arquidiocese de São Paulo. Continuar Lendo →

%d blogueiros gostam disto: